Notícias

Mais Cultura nas Escolas será lançado em setembro

Compartilhe esta notícia:

Em setembro, os Ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC) lançam o edital Mais Cultura nas Escolas para seleção de cinco mil propostas de intercâmbio de atividades entre instituições culturais e escolas. Em 2012, o Programa receberá R$100 milhões e visa promover o encontro das escolas da rede pública com iniciativas culturais diversas, fortalecendo o diálogo entre a educação formal e a diversidade sociocultural brasileira. É uma das ações da parceria entre MEC e MinC e marca o inicio de intersecções estratégicas entre os Planos Nacionais de Educação (PNE) e Cultura (PNC).

Em todo o país, cerca de 15 mil escolas ativas nos Programas “Mais Educação” e “Ensino Médio Inovador” poderão participar da seleção. Também podem se inscrever pessoas física ou jurídica, grupos de ação e pesquisa artística e cultural formais ou informais, museus, bibliotecas, cinemas, pontos de cultura e espaços culturais diversos. Cada projeto receberá entre R$ 20 mil e 22 mil, proporcionalmente calculados em relação ao número de alunos registrados no censo de 2011. Os recursos serão disponibilizados via PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola/ FNDE).

A intenção é que, até 2014, sejam atendidos cinco milhões de estudantes, tornando o ambiente escolar um espaço também de produção e circulação da cultura brasileira, com respeito à diversidade.

TEMAS

O Programa Mais Cultura nas Escolas é dividido em nove eixos temáticos: Residências Artísticas; Criação, Circulação e Difusão da Produção Artística; Promoção Cultural e Pedagógica em Espaços Culturais; Educação Patrimonial; Cultura Digital e Comunicação; Cultura Afrobrasileira; Culturas Indígenas; Tradição Oral e Educação Museal.

Cada unidade de ensino deverá estabelecer um Plano de Atividade Cultural da Escola que abarque um ou mais eixos temáticos. Tanto as escolas como as iniciativas culturais podem candidatar-se com apenas uma proposta, apresentando um único Plano de Atividade, que deverá prever duração mínima de seis meses, não necessariamente contínuos, para o desenvolvimento das atividades.

Outras informações e o manual do programa “Mais Cultura nas Escolas” podem ser obtidos nos sites www.cultura.gov.br ou www.mec.gov.br.

BAHIA

A articulação entre o programa Mais Educação e o Ensino Médio Inovador objetiva à melhoria da qualidade da aprendizagem do aluno.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Educação (SEC), na Bahia o programa teve início em 2008, com a participação de 130 escolas públicas da rede estadual de ensino fundamental, localizadas na capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS). Em 2009, o Mais Educação atendeu a 150 unidades escolares do ensino fundamental e a mais 15 unidades escolares estaduais de ensino médio, totalizando 165 unidades escolares da rede estadual de ensino. Em 2010, o número total de escolas atendidas aumentou para 398, beneficiando 138.226 estudantes.

A partir do ano letivo 2011, o Programa Mais Educação passou a atender 620 escolas da Bahia. A expansão beneficia 224 mil estudantes, um aumento de quase 100% em relação a 2010.  Com a inserção de mais escolas, o Mais Educação passou a atuar, também, nos Territórios de Identidade Semi-Árido II, Bacia do Rio Corrente, Bacia do Paramirim e Bacia do Jacuípe. Atualmente o programa beneficia, em todo o estado, 1.419 escolas da rede pública.

Fonte: Ascom/MinC/SEC

 

Notícias relacionadas

 

Comente esta notícia


Digite aqui o código que aparece ao lado: